Dizem que infinitos macacos, batendo em teclas durante eternidades, eventualmente chegariam a produzir todas as obras de Shakespeare. Sabe por que eles nunca conseguiriam produzir código dessa forma? Porque erro no código pode travar o computador e macaco não sabe dar reboot.

Codificação é transformar as tarefas que foram listadas nos requisitos em algoritmos que o computador seja capaz de obedecer.

Dependendo da plataforma que vai ser usada e do objetivo do software, podem ser usadas diferentes linguagens de programação não só para cada projeto, mas no mesmo projeto.

Os elementos de um código são:

  • variáveis
  • funções e classes
  • conexões e bibliotecas
  • interface

Os erros que o código pode apresentar são:

  • de sintaxe
  • de lógica
  • de execução

A produção de erros é inversamente proporcional à experiência do programador. Quer dizer, quanto mais experiente, menos erros haverá no código. O mais fácil de ser consertado é o erro de sintaxe; o mais difícil é o de lógica; o mais trabalhoso é o de execução.

Para nós, experiência em programar anda junto com disposição para aprender. As linguagens e tecnologias surgem de forma tão rápida que dominar apenas uma linguagem ou apenas uma plataforma nunca foi suficiente. Em muitos projetos que realizamos, quem escolheu a linguagem foi o tipo de software e as tarefas que ele iria fazer.